Buscar
  • Mitsuo Kaneko

Dicas para quem planeja incluir esquadrias em seu projeto

Atualizado: 29 de jan.

Conheça as dicas da arquiteta e urbanista Andriele Wilczek para quem está planejando incluir esquadrias em seu projeto arquitetônico



Madeira ou Alumínio?

“Como encaramos os materiais naturais na construção civil? Trazer os elementos da natureza com alta qualidade sempre foi um dos desafios para os arquitetos, a madeira é um deles, além de proporcionar conforto ambiental e requinte, esse material requer tratamentos físicos e químicos por conta das intempéries. Tem como base um dos materiais mais utilizados como função e decoração, principalmente em portas e esquadrias. É por esse motivo, que as indústrias estão trazendo cópias fiéis das texturas e colorações da madeira nas esquadrias em alumínio, através da pintura pó sobre pó, tendo como base o pó de poliéster aplicado sob o alumínio. Além da estética e durabilidade o preço – qualidade torna-se mais convincente comparado com as portas e esquadrias de madeira.”


Como escolher as esquadrias

"Para melhor escolha das esquadrias, observe o estilo arquitetônico adotado para sua edificação." Andriele Wilczek


“Para escolher as esquadrias de uma edificação é preciso traçar uma linha de decisão referente ao estilo arquitetônico adotado para a obra como por exemplo, clássico, moderno, contemporâneo, minimalista, maximalista, eclético, romântico, colonial, rústico, brutalista, entre outros estilos. O estilo adotado nos projetos arquitetônicos reflete diretamente na escolha do formato, tamanho, tipo de abertura e cor das esquadrias.

As plásticas mais antiga como o clássico, romântico, colonial, maximalista e rústico, requerem esquadrias com mais molduras, com vidros pequenos, com sistemas de venezianas ou guilhotinas ou de abrir. Além das cores diversas que influenciam a identidade de cada estilo.

Já as mais modernas como o brutalismo, minimalista, contemporâneo, trazem o conceito “aberto” de integração, onde os vidros são grandes, com pouca moldura, vidros grossos, com sistemas deslizantes, embutido, basculantes, camarão, fixos, pivotantes, entre outros. As cores são influenciadas diretamente nas tendências e na característica de cada cliente.

Para melhor escolha das esquadrias, observe o estilo arquitetônico adotado para sua edificação.”



Tendências


Antes de escolher apenas pelo branco ou metalizado, busque a personalização, de acordo com o estilo arquitetônico adotado. Investir em novas cores e padrões, não só no perfil, mas também em acessórios como fechos coloridos que combinam com a cor escolhida. Desta maneira, apresentamos as tendências que vieram para ficar:


BRONZE



Ele já era o queridinho na decoração, agora aparece também como cor de evidência para portas e janelas, para quem busca um ar sofisticado ao projeto. Combina divinamente com tons claros e sutis.


CORTEN

A imitação do famoso aço corten (efeito enferrujado) é uma das tendências fortes nas esquadrias, painéis e outros elementos decorativos nas fachadas das edificações. Seu tom marrom escuro combina tanto em projetos mais clássicos, quanto nos mais modernos.


TONS BÁSICOS

Tons de cinza, fendi e bege são elegantes, refinados e fáceis de harmonizar com o restante da arquitetura. Ideal não só para os caixilhos externos, mas também para as portas internas. São ideias para quem não quer chamar atenção, levam a aparência com mais leveza e sutileza nas edificações.


AMADEIRADO


Outra tendência é o acabamento madeirado. Possuem em várias texturas e tonalidades. Para quem deseja o acabamento da madeira, mas com pouca manutenção. Pode ser usado tanto para uma arquitetura clássica quanto para as mais modernas.



Andriele Wilczek

Arquiteta e urbanista


3 visualizações0 comentário